La arquitectura de la información en plataformas colaborativas como soporte para la gestión de la inteligencia colectiva en las organizaciones

Paulo César Rodrigues Borges, Roberto Mahmud Drumond Rhaddour

Resumen


Objetivo. Este artículo tiene como objetivo presentar una forma de aprovechar las posibilidades de la segunda generación de comunidades y servicios en internet (popularmente designada por Web 2.0) en el desarrollo de una arquitetura de la información en plataforma colaborativa por medio de una Wiki, describiendo su utilidad para la transformación del conocimiento individualizado en conocimiento accesible y dinámico en las organizaciones públicas.
Método. Para la organización de este estudio se adoptaron procedimientos técnicos en el sentido de hacer un meticuloso levantamiento bibliográfico en la literatura de referencia, basado en la compilación de libros especializados, trabajos publicados en revistas científicas y en otras bases de datos disponibles.
Resultados. El artículo explora la Web 2.0 y devela las posibilidades de una arquitetura de la información en plataforma colaborativa por medio de una Wiki generando en un mejor aprovechamiento de la inteligencia coletiva en las organizaciones públicas.
Conclusiones. Se constató que las plataformas colaborativas en un modelo Wiki pueden ser utilizadas como herramienta para la transformación del conocimiento individualizado en conocimiento accesible y dinámico, principalmente por su facilidad de uso.


Palabras clave


Arquitectura de la información; Gestión del conocimiento; Inteligencia colectiva; Web 2.0

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


ANNAHI, C. 5 ótimas dicas para um Wiki de sucesso! Portal gestão de pessoas e tecnologia da informação. 2015. Disponível em: . Acesso em: 2 jun. 2017.

ANDRADE, I. A. et al. Inteligência coletiva e ferramentas WEB 2.0: a busca da gestão da informação e do conhecimento em organizações. In: Perspectivas em Gesto & Conhecimento. João Pessoa, v.1, número especial, p. 27-43, Out. 2011. Disponível em: < http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/10385/6101> Acesso em: 10 abr. 2017.

ARAÚJO JR., R. H. de.; SOUSA, R. T. B. de.; ALBUQUERQUE, S. F. de. Métodos, Técnicas e Instrumentos de Organização e Gestão da Informação nas Organizações. In: BAPTISTA, D. M.; ARAÚJO JR., R. H. de. (Org.). Organização da Informação: abordagens e práticas. Brasília, DF: Thesaurus, 2015, p. 44-68.

BORKO, H. Information science: what is it? American Documentation, v. 19, n.1, p. 3-5, jan. 1968.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: uma visão holística de como as organizações usam a informação. In: Como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora Senac, p. 27- 61, 2006.

CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em ciência da informação. Belo Horizonte, v. 12, n. 1, p. 148-207, 2007.

DAVENPORT, T. H.; PRUSAK, L. Conhecimento Empresarial, como as organizações Gerenciam o seu capital Intelectual: métodos e aplicações práticas. 9. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

DING, W; LIN, X. Information Architecture: The Design and Integration of Information Spaces. University North Carolina (USA): Morgan & Claypool Publishers, 2010.

GRACE, T. P. L. Wikis as a knowledge management tool. Journal of Knowledge Management, vol. 13. n.4, p.64-74, 2009. Disponível em: . Acesso em: 13 maio. 17.

HARARI, L. H.; SGANZERLA, R. Web 2.0 – A Era da Participação e Colaboração Coletiva. 2011. Blog Roberto Sganzerla. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 17.

HJØRLAND, B. Is Knowledge Organization = Information Organization? In: International ISKO Conference Mysore, n. 12, 2012. Índia. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 17.

LE COADIC, Y. Ciência da Informação. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2004.

LEUF, B.; CUNNINGHAM, W. The Wiki Way: Quick Collaboration on the Web. Addison-Wesley Longman, Glen View, IL. 2001.

LÉVY, P. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 10. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2015.

LIMA-MARQUES, M.; MACEDO, F. L. O. de. Arquitetura da Informação: base para a gestão do conhecimento. In: TARAPANOFF, K. (Org.). Inteligência, Informação e Conhecimento em corporações. Brasília, DF: IBICT, UNESCO, 2006, p. 231-245.

LIMA, J. L. O.; ALVARES, L.. Organização e representação da informação e do conhecimento. In: Alvares Lillian (org.). Organização da informação e do conhecimento: conceitos, subsídios interdisciplinares e aplicações. São Paulo: B4 Ed.,p. 21-47, 2012.

LOPES, L. C. J. A. A Web como ferramenta para a construção da Inteligência Coletiva. 2012. 69 f. Dissertação (Mestrado em Informação, Comunicação e Novas Mídias). Universidade de Coimbra. Portugal, 2012.

MACEDO, F. L. O. de. Arquitetura da Informação na Prática: Portais corporativos. 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

O’REILLY, T. Web 2.0: compact definition? Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2017.

_______. Web 2.0 compact definition: trying again. Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2017.

PÉREZ-MONTORO GUTIÉRREZ, M. Arquitectura de la información en entornos web. Gijón: Trea, 2010.

ROSENFELD, L.; MORVILLE, P. Information Architecture for the World Wide Web. USA: O'Reilly, 2006.

ROSENFELD, L.; MORVILLE, P; ARANGO, J. Information Architecture: For the Web and Beyond. 4. ed. Sebastopol: O'Reilly, 2015.

SETZER, W. Dado, Informação, Conhecimento e Competência. USP. 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 jun. 2017.

TAPSCOTT, D.; WILLIAMS, A. D. Wikinomics: como a colaboração em massa pode mudar e seu negócio. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.

TARAPANOFF, K. Inteligência Organizacional e Competitiva. Brasília, DF: Editora UnB, 2001.

TARAPANOFF, K (Org). Inteligência, informação e Conhecimento em corporações. Brasília, DF: IBICT, UNESCO, 2006.

TARAPANOFF, K.; ALVAREZ. L. Perspectivas em inteligência organizacional e competitiva na Web 2.0: uma visão geral. In: TARAPANOFF, K. (Org.). Análise da informação para tomada de decisão: desafios e soluções. Curitiba, PR: Intersaberes, p. 21-60, 2015.

WERSIG, G., NEVELING, U. The phenomena of interest to information science. The Information Scientist. v.9, n.4, 1975.

WURMAN, R. S. Information Architects. Zurich, Switzerland: GraphisPress, 1996.




DOI: https://doi.org/10.5195/biblios.2017.492

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2018 Paulo César Rodrigues Borges, Roberto Mahmud Drumond Rhaddour

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.